Buscar
  • @geografia_da_paraiba

Internautas registram chuvas e raios no Sertão Paraibano


O fim da tarde de ontem, sábado, 5 de janeiro de 2019, foi marcado por chuva e raios em várias cidades do Sertão Paraibano. Inúmeros relatos foram enviados para a administração da #GeoPB. Também houve registro desses eventos em cidades do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará. Essas chuvas são habituais para as localidades mencionadas nesta época do ano, já que sistemas atmosféricos produtores de chuva começam a atuar mais fortemente.


Em Taperoá, cidade localizada no Cariri Paraibano, o seguidor Anderson Diniz capturou uma imagem de um raio. As descargas elétricas são bastante comuns quando existe alta concentração de nuvens carregadas em uma região. Elas funcionam como a busca pelo equilíbrio físico entre diferentes sistemas, no caso, a litosfera e a atmosfera.


Raio registrado na região de Taperoá/PB. Foto: Anderson Diniz.


Segundo imagem de satélite do Centro de Previsão e Estudos Climáticos - CPTEC, órgão vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, no horário mais aproximado do registro, 18h, havia uma densa concentração de nuvens sobre a região Nordeste. A nebulosidade, conforme mostra a imagem de satélite abaixo, possui características de vórtice ciclônico, porém sem a configuração perfeita para se estabelecer. Há, também, a influência da atividade convectiva da Zona de Convergência Intertropical - ZCIT, principal sistema atmosférico produtor de chuva na região Norte do Semiárido Nordestino.


Imagem do satélite METEOSAT para as 21h GMT (18h no Nordeste). Copyright 2010-2012 EUMETSAT.


Mesmo com o registro desses eventos climáticos em sucessão desde dezembro de 2018, a previsão para os próximos meses no Nordeste é de chuvas abaixo da média, já que se tem a possibilidade de ocorrência do fenômeno El Niño, que, devido ao aumento da Temperatura da Superfície do Mar no oceano Pacífico Tropical, provoca mudanças na circulação atmosférica global, gerando subsidência de ar quente no interior Nordestino, inibindo a formação de nuvens de chuva.

29 visualizações0 comentário