top of page
Buscar
  • Foto do escritor@geografia_da_paraiba

Como foi a ocorrência das chuvas em 2023? Confira o levantamento

Paraíba apresentou chuvas próximas à média histórica. Destaque para a faixa leste do estado, com os maiores quantitativos e cinco municípios registrando totais acima dos dois mil milímetros.


Chuva chegando na cidade de Barra de Santa Rosa, Curimataú Paraibano. Foto: @geografia_da_paraiba.


O ano de 2023 apresentou pluviometria próxima ao habitual ou ligeiramente acima da média em quase todas as regiões da Paraíba. De acordo com os dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba, foram destaques os municípios de João Pessoa (2.164,0 mm), Pitimbu (2.073,0 mm), Alhandra (2.047,4 mm) e Cabedelo (2.012,1 mm). Esses quatro municípios foram os mais chuvosos de todo o estado devido a atuação de sistemas atmosféricos como as Ondas de Leste, que provocam chuvas em toda a porção leste do estado.



Confira o mapa abaixo, que mostra a distribuição espacial das chuvas na Paraíba durante o ano.


Mapa de distribuição espacial da precipitação na Paraíba em 2023. Elaboração: Gabriel de Paiva Cavalcante.


Nas outras regiões, destacaram-se os municípios de Serraria (1.616,5 mm) e Areia (1.437,1 mm) no Brejo; Natuba (1.085,3 mm) no Agreste; Sumé (660,6 mm) no Cariri; Cuité (830,1 mm) no Curimataú; Catingueira (1.165,0 mm) no Sertão; e Cajazeiras (1.219,3 mm) no Alto Sertão. Por outro lado, as regiões com os quantitativos mais reduzidos de chuva na Paraíba foram o Cariri e o Curimataú. Merecem menção os totais pluviométricos registrados em Casserengue/Sítio Salgado (327,1 mm), Soledade (298,2 mm) e Sossêgo (254,2 mm).


Siga nosso instagram e saiba mais sobre a Paraíba! Clique aqui.

75 visualizações0 comentário
bottom of page